Na noite do último sábado 26 de outubro de 2020 no palácio dos festivais, foram divulgados os vencedores do 48º Festival de Cinema de Gramado. Está edição foi marcada por um formato totalmente novo onde os filmes que concorrem na mostra competitiva foram exibidos de maneira híbrida através da internet e pela televisão através do Canal Brasil, não acontecendo a tradicional exibição dentro do palácio dos festivais em virtude da pandemia de COVID-19.

A premiação também contou com um novo formato neste ano, sendo ela realizada do palácio dos festivais, porém sem público presente e com os premiados sendo homenageados através de video chamadas. Neste ano o cobiçado Kikito de melhor filme nacional foi para “King Kong en Asunción", de Camilo Cavalcante, já o Kikito de melhor filme extrangeio ficou com "La Frontera”, de David David. Abaixo segue a lista completa com os vencedores em cada categoria.

 

Longa-metragem Brasileiro

  • Melhor Filme – King Kong en Asunción
  • Melhor Direção – Ruy Guerra, por Aos Pedaços
  • Melhor Ator – Andrade Júnior, por King Kong en Asunción
  • Melhor Atriz – Isabél Zuaa, por Um Animal Amarelo
  • Melhor Roteiro – Felipe Bragança, por Um Animal Amarelo
  • Melhor Fotografia – Pablo Baião, por Aos Pedaços
  • Melhor Montagem – Eduardo Gripa, por Me Chama Que Eu Vou
  • Melhor Trilha Musical – Salloma Salomão, por Todos os Mortos e Shaman Herrera, por King Kong en Asunción
  • Melhor Direção de Arte – Dina Salem Levy, por Um Animal Amarelo
  • Melhor Atriz Coadjuvante – Alaíde Costa, por Todos os Mortos
  • Melhor Ator Coadjuvante – Thomás Aquino, por Todos os Mortos
  • Melhor Desenho de Som – Bernardo Uzeda, por Aos Pedaços
  • Prêmio Especial do Júri: Elisa Lucinda, por Por que você não chora?
  • Menção Honrosa do Júri: Higor Campagnaro, por Um Animal Amarelo

 

Longa-metragem Estrangeiro

  • Melhor Filme – La Frontera
  • Melhor Direção – Mariana Viñoles, por El gran viage al país pequeño
  • Melhor Ator – Anibal Ortiz, por Matar a un Muerto
  • Melhor Atriz – Daylin Vega Moreno (Diana), Sheila Monterola (Chalis), por La Frontera
  • Melhor Roteiro – David David, por La Frontera
  • Melhor Fotografia – Nicolas Trovato, por El Silencio del Cazador
  • Prêmio Especial do Júri: El Gran Viaje al País Pequeño

 

Longa-metragem Gaúcho

  • Melhor Filme – Portuñol, de Thaís Fernandes

 

Curta-metragem Brasileiro

  • Melhor Filme – O Barco e o Rio
  • Melhor Direção – Bernardo Ale Abinader, por O Barco e o Rio
  • Melhor Ator – Daniel Veiga, por Você tem olhos tristes
  • Melhor Atriz – Luciana Souza, Inabitável
  • Melhor Roteiro – Inabitável, Matheus Farias e Enock Carvalho
  • Melhor Fotografia – O Barco e o Rio, para Valentina Ricardo
  • Melhor Montagem – Você tem olhos tristes, para Ana Júlia Travia
  • Melhor Trilha Musical – Atordoado, eu permaneço atento, para Hakaima Sadamitsu, M. Takara
  • Melhor Direção de Arte – O Barco e o Rio, para Francisco Ricardo Lima Caetano
  • Melhor Desenho de Som – Receita de Caranguejo, Isadora Torres e Vinicius Prado Martins
  • Prêmio especial do júri: Preta Ferreira, por Receita de Caranguejo

 

Júri Popular

  • Curta Brasileiro: O Barco e o Rio, de Bernardo Ale Abinader
  • Longa Estrangeiro: El gran viaje al país pequeño, de Mariana Viñoles
  • Longa Brasileiro: King Kong en Asunción, de Camilo Cavalcante

 

Júri da Crítica

  • Curta Brasileiro: Inabitável
  • Longa Estrangeiro: El Gran Viaje al País Pequeño
  • Longa Brasileiro: Um animal amarelo

 

Você também pode rever toda a premiação, no vídeo abaixo com a transmissão oficial realizada no canal do Festival no YouTube.